16
jun
10

Desmistificando o FengShui

Muitos são os textos encontrados sobre FengShui na web, em livros e revistas.
Mas pra começar neste blog, gostaria de falar sobre superstições e distorções relacionadas a essa arte milenar utilizada pelos chineses.

Arte que também envolve técnica e uma grande dose de razão e bom senso.
Isso mesmo, ao contrário do que muitos imaginam, o FengShui não é um dogma, uma religião, uma magia ou alguma crendice.

É encarado pelos orientais com seriedade e permeia regras de arquitetura e engenharia civil.
Enquanto o ocidente importou, simplificou e popularizou tais conhecimentos, no oriente o FengShui continua sendo uma ciência respeitada e ensinada a profissionais de construção e decoração, e para a comunidade interessada no assunto.

Baseia-se não em “achismos” e intuições, mas na observação da Natureza e na lógica necessária para tornarmos nossos ambientes não só mais agradáveis, como funcionais.

Desta forma, uma cama muito perto da janela não é sinal de mau agouro, senão uma maneira de se apanhar friagem ou luminosidade direta, caso algumas medidas não sejam tomadas.

Uma mesa+cadeira de escritório posicionada de costas para uma porta ou passagem, pode fazer com que a pessoa tenha de se virar a todo momento, pois essa é a tendência natural quando algo ou alguém passa atrás do local onde estamos posicionados.  O resultado é um belo torcicolo, além da falta de concentração e da insegurança gerada por esse tipo de configuração.

Objetos pontiagudos (também chamados de setas envenenadas) não dão azar, mas podem proporcionar topadas, hematomas e toda sorte de acidentes domésticos, especialmente quando temos crianças em casa.

Tetos baixos, excesso de cores escuras ou claras, excesso de móveis de couro, ou de pó acumulado…  são inúmeros os exemplos que poderíamos citar e que são tratados pelo FengShui, mas que infelizmente têm sido abordados de forma muito rasa e superficial em diversos textos.

Enquanto algumas literaturas e consultores se limitam a dizer que deve-se colocar um prisma de cristal no batente de uma porta, verdadeiros mestres explicam que por trás dessas medidas existe uma fórmula sobre velocidade x resistência, que estudamos lá na Física.

Praticamente todas as regras do FengShui estão baseadas em fórmulas, raciocínios e aspectos práticos de nossa realidade, e não em palpites dados a esmo.

Na medida do possível, tomaremos esse espaço para discutirmos e aprendermos mais sobre o tema, de modo a construirmos lares mais felizes, prósperos, saudáveis e bonitos!

Sejam bem-vindos.

Anúncios

9 Responses to “Desmistificando o FengShui”


  1. agosto 11, 2010 às 1:39 am

    Olá querida Greice,
    Recomeço são sempre novas oportunidades para ver o mesmo sob outro ponto de vista, ver o diferente e ver o invisível. Parabéns por re-começar este blog.
    Um beijo! Erica

  2. 4 Elis Dias
    agosto 11, 2010 às 8:38 am

    Gre, como sempre inovando, (re)criando, inovando, pensando, fazendo acontecer.
    É um assunto muito interessante e que você tratará com a seriedade e propriedade que tem.
    Vou acompanhar de pertinho.
    Beijokasss e te adoro sempre.

  3. 5 Maira
    agosto 12, 2010 às 12:26 am

    Greice, adorei a ideia!! muita sorte e sucesso! Aproveito para uma pergunta… e o formato do telhado? Aqui em casa p.ex. é invertido, ou seja, assim \/, so que menos agudo, num angulo mais aberto.
    🙂 bjs

    • agosto 12, 2010 às 1:04 am

      Oi Mairazinha! Muito obrigada. Sobre o telhado, menos mal que não é tão agudo, pois quanto mais pontiagudo, mais problemático. Vou pesquisar melhor, mas de um modo geral, tudo aquilo que “empurra pra baixo”, oprime. O Feng Shui reforça muito essa coisa de não usarmos cores escuras no teto, por ex. De não nos posicionarmos sob áreas rebaixadas etc. Depois me mande por email a cor do telhado e em que área da casa se situa o rebaixamento. mil bjs!

  4. agosto 13, 2010 às 1:57 am

    AMAY! Lindão! Sua cara! Bjos! Qtas exclamações!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Categorias

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: